Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2017

Os 47 Anos da Primeira Adaptação de O MEU PÉ DE LARANJA LIMA Para a TV + Remakes #27

Imagem
Em 1968 o escritor José Mauro de Vasconcelos (1920 - 1984) lançou o romance juvenil O Meu Pé de Laranja Lima, que ganhou diversas adaptações para o áudio-visual, a primeira delas foi para o cinema, em 1960. No ano seguinte, a história de José Mauro, foi adaptada para a TV pelas mãos de Ivani Ribeiro. A primeira versão da novela O Meu Pé de Laranja Lima estreou em 30 de Novembro de 1970, na TV Tupi, e ficou no ar até 30 de Agosto de 1971, com direção de Carlos Zara.



A história clássica conta as aventuras e desventuras do menino Zezé (Haroldo Botta), de 6 anos, criança pobre de família numerosa, ele é inteligente, sensível e carente, carente de um afeto que não encontra na família. Por ser um garotinho hiperativo, ninguém tem muita paciência com ele. Travesso, Zezé sai pelas ruas aprontando todas. Aprende tudo sozinho, é o "descobridor das coisas". Percebe que na vida existem alegrias, como ter um amigo, e também tristezas, como quando o amigo vai embora para sempre.



Quando a…

Há 17 Anos Estreava na Record VIDAS CRUZADAS #26

Imagem
O patriarca Teodoro Oliveira de Barros (Sérgio Brito), é um milionário falido, que tem como maior credor o poderoso e adoentado Comendador Aquiles Machado (Juca de Oliveira). Para salvar o patrimônio e a honra da família, Teodoro aceita uma proposta extraordinária feita pelo Comendador: casar-se com sua filha Beatriz (Ângela Leal), que engravidou de um rapaz pobre, e assumir a criança como pai, em troca do perdão da dívida, desde que o bebê seja um menino, para dar continuidade a seu nome e sua fortuna.



Teodoro e o Comendador fecham assim o acordo, mas Beatriz dá a luz uma menina. Capaz de qualquer coisa para cumprir com o combinado, Teodoro troca sua neta recém-nascida pelo filho de Ambrósio (Mário Schoemberger), um fiel empregado seu, que também acabou de nascer. Teodoro persuade a esposa Natália (Laura Cardoso), a ser sua cúmplice. Submissa diante de toda a situação, a distinta senhora, despede-se da neta presenteando-a com uma delicada pulseira com um pingente de coração, e teste…

Há 18 Anos Estreava a Despretensiosa VILA MADALENA #25

Imagem
Há 18 anos a Rede Globo exibia às 19 horas, o primeiro capítulo de Vila Madalena, novela de Walther Negrão, exibida entre 8 de Novembro de 1999 e 6 de Maio de 2000, com 155 capítulos. Foi escrita com Ângela Carneiro, Elizabeth Jhin, Júlio Fischer e a colaboração de Paulo Cursino e Thelma Guedes. Na direção, Fabricio Mambert e Marcus Alvisi, com direção geral e de núcleo de Roberto Naar e Jorge Fernando.



Solano (Edson Celulari) é noivo de Eugênia (Maitê Proença) e ela está grávida, tudo seria perfeito se ele não estivesse desempregado. Ela trabalha como secretária para o empresário Arthur Junqueira (Herson Capri), que nutre uma forte paixão pela funcionária. Arthur é um homem rico e sem escrúpulos, diante do desejo por Eugênia, enxerga no desemprego de Solano uma oportunidade de ter o caminho livre para conquistar a mulher que ama. Solano consegue um bico como motorista de caminhão para transportar uma carga importante. Feliz com a possibilidade de ser contratado pela transportadora, …

30 Anos do Último Capítulo de BREGA & CHIQUE #24

Imagem
Brega e Chique foi um grande sucesso das 19 horas, escrita por Cassiano Gabus Mendes, que chegou ao fim no dia 6 de Novembro de 1987. A saga da brega Rosemere (Glória Menezes) e da chique Rafaela (Marília Pêra), completa hoje 30 anos de seu último capítulo, e como um clássico das comédias oitentistas do horário das sete, não poderia deixar de ser recordada em grande estilo pelo Lembra de Mim.
Na ascensão e queda dessas duas mulheres, uma delas fica mais feliz do que a outra, e é justamente Rafaela, que descobre na pobreza novos encantos e uma nova maneira de ser feliz.
A forte personalidade de Rafaela se revela a partir da queda, sua maior preocupação é manter a família unida depois do baque sofrido. A filha Ana Cláudia é quem precisa de maior apoio, pois pouco antes da "morte" do pai, é abandonada no altar pelo noivo João Antônio (Jayme Periard). Tamyris, casada com Maurício, vê o marido, que acreditava que herdaria uma boa grana do sogro, insatisfeito com a possibilidade d…